Tem alguma coisa errada, e faz tempo!!!

  • abundancia

Eu concordo que faz-se necessário regular e regularizar a propaganda de alimentos. Aqui na França, por exemplo, toda propaganda de alimento que é veiculada na televisão deve inserir no « roda-pé » as frases do Programa Nacional Nutrição e Saude : « não ingerir muito sal, muito açúcar, muita gordura »…

Porém, enquanto perseguimos a tal publicidade que não faz nada sozinha, que está inserida num complexo sistema mercantil e por vezes, necessário para mover as sociedades, alimentar grupos populacionais, empregar MUITAS pessoas, e, que no fundo a maior parte das pessoas sabe que é algo lúdico, POUCO (para não dizer nada) se faz para questionar a função do jornalismo junto à formação de hábitos alimentares, propagação de estilos de vida, formação de opiniões, entre outros.

Leiam estas matérias que seguem :

 

http://vogue.globo.com/beleza/vinagre-contra-os-quilos-extras-o-segredo-saboroso-das-celebs-internacionais/?1234

 

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed703_o_jornalismo_cego_as_armadilhas_do_discurso_oficial

 

Como diz minha colega de profissão, a Profa. Fernanda Scagliusi, à respeito do segundo texto « … Este tipo de jornalismo crítico, investigativo e socialmente referendado, deveria ser a regra em todos os veículos de mídia : »
 
A ciência da nutrição, dos alimentos e todas as áreas conexas também deveriam ser tratadas por profissionais críticos, bem informadas, bem preparados e dirigidos por profissionais conscientes e comprometidos com o a sociedade civil.

 

Como é que a VOGUE pode publicar uma matéria com este tipo de conteúdo?

 

“O ácido acético,composto principal do vinagre, estimula as células musculares a consumir mais glicose e alterar a genética das células gordurosas, além de evitar o acúmulo de insulina no sangue, hormônio que aumenta o peso e dificulta o gasto de energia”, explica a nutróloga especialista em medicina ortomolecular Sylvana Braga, de São Paulo.

Ao adotar este hábito, de acordo os resultados apresentados nos estudos científicos, é possível reduzir em 80% o apetite, diminuir as taxas de triglicérides no organismo e ainda potencializar a queima do estoque de gordura corporal – principalmente na região do abdômen."

Minimalist © 2014 -  Hébergé par Overblog